Tainise

Semana 14 – Incomparável!

Devocionais Para Casais Viva Cantares

O Melhor dos Cânticos Para o Dia a Dia

Desde que começamos a meditar no livro de Cantares, vimos o quanto a intimidade sexual não é deixada ao acaso pela mulher, a Sulamita, o quanto ela prioriza o sexo e toma iniciativa dentro da relação. Além da sua fala abrir o livro, ela permanece majoritária ao longo do mesmo, expressando o seu desejo sexual pelo seu amado, Salomão, através de sua imaginação, por exemplo: Ah, se ele me beijasse, se a sua boca me cobrisse de beijos…(Ct 1:1a). Ela explora o tato, a audição, o olfato, e é receptiva às iniciativas de Salomão, apesar das inseguranças e desencontros. No trecho acima podemos ver como ela se sente atraída pelo seu marido através do sentido da visão, e de forma minuciosa. Todo o trecho (Ct 5:10-16) é considerado uma hipérbole poética. Aos olhos de Sulamita, Salomão estava acima de qualquer comparação!

Não é maravilhoso descobrir que podemos nos excitar e desejar nosso marido ao ver (e lembrar) de cada parte do corpo dele? A Bíblia nos permite enxergar nosso marido de forma erótica, e a continuar alimentando esse erotismo através das lembranças. Preste muita atenção: ela não ressalta a personalidade dele, nem seu cheiro, ou o jeito que ele a toca ou fala com ela. Apesar de Cantares nos revelar que eles eram amantes e amigos, e que ela o admirava profundamente por quem ele era, e o quanto ela explorava os sentidos, aqui, entretanto, ela não esconde o efeito que o corpo dele exerce sobre ela quando o vê. 

O versículo 16 nos mostra que, além de desejá-lo fisicamente, ela também deseja a sua amizade. Ela anseia por seu corpo e por sua companhia. E está tudo bem se a visão é o sentido preferencial da maioria dos homens. A Palavra de Deus nos diz que esse presente também pertence a nós, esposas. Vamos desfrutar do sentido da visão dentro do relacionamento conjugal que Deus nos deu!

Sugestão de Oração: Senhor, abra os meus olhos! Eu enxergo tanta coisa no meu dia-a-dia, e percebo tantos detalhes na minha rotina…Ajuda-me a ver a beleza masculina do meu marido, a me apaixonar pelo seu exterior, além do seu interior. Ensina-me a explorar e desenvolver o dom de poder ver o homem que você me deu. Ensina-me a expressar minha admiração pelo seu corpo e alma tomando a iniciativa no ato sexual, e elogiando o corpo dele, assim como seus movimentos.

Desafio do Casal: Esposas, tudo bem se a visão não é o sentido que mais te deixa pronta para a relação sexual, mas abra-se para a possibilidade de desejar o corpo dele através do olhar. Permita-se. Não está acostumada? Treine sua resposta sexual aos poucos, durante as preliminares, durante o ato e depois. Concentre-se em partes do corpo dele, uma de cada vez, desde o sorriso e olhar, até suas nádegas e pênis. Observe como sua cabeça se move, seu peito se contrai e suas pernas se movimentam, dentro e fora do quarto. Qual é a sua parte favorita? O que mais te atrai no corpo dele? Como ele respira quando está excitado? Como ele caminha quando te deseja? Quais movimentos te excitam? Quando não estiverem juntos, imagine. A cada nova sensação ou prazer que tiverem na cama, inclua isto no seu repertório de imaginação! Pense em seu cabelo, em seu suor e em como ele franze as sobrancelhas.

Maridos, cuidem da aparência. Pratiquem exercícios e alimentem-se bem. Se não são muito vaidosos, procurem se vestir melhor para a sua esposa. Pergunte a ela que tipo de penteado, barba e roupa ela gosta mais de te ver vestir. Não se esqueça das cuecas, do chinelo e dos sapatos. Investigue o quanto o seu visual afeta a libido de sua esposa.

Dicas Extras: 

Siga meu perfil sobre sexo no casamento https://www.instagram.com/blogtainise/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: