Tainise

Semana 12 – Primeira Vez & As Outras

Devocionais Para Casais Viva Cantares

O Melhor dos Cânticos Para o Dia a Dia

Acorde, vento norte! Venha, vento sul! Soprem em meu jardim, para que a sua fragrância se espalhe ao seu redor. Que o meu amado entre em seu jardim e saboreie os seus deliciosos frutos. Entrei em meu jardim, minha irmã, minha noiva; ajuntei a minha mirra com as minhas especiarias. Comi o meu favo e o meu mel; bebi o meu vinho e o meu leite. Cânticos 4:16-5:1a

Sulamita não se calou, não se reteve, nem foi passiva diante da paixão de seu marido. Finalmente, chegou a hora de liberar toda a sua energia sexual para Salomão. E ele penetrou nela, entrou no jardim dele, à convite dela. Ele desfrutou do corpo dela e se saciou de prazer. E todo esse prazer sexual não pertencia somente a ele, mas a ela também.

Esse texto bíblico não é um conto de fadas, é a Palavra de Deus. Entretanto, a intimidade sexual no casamento é uma longa jornada, e não tem como experimentar tudo de maravilhoso que Deus preparou para vocês de uma única vez. A primeira vez não tem que ser um evento para se alcançar uma meta. É perfeitamente normal se não conseguirem experimentar penetração ou orgasmo. Ainda assim será especial, e terá sido a primeira vez, e sim, seu casamento terá sido consumado mesmo que seu hímen não tenha se rompido, ou que você tenha feito uma cirurgia para removê-lo antes do casamento.

Não há hierarquia no ato sexual. As preliminares e o sexo oral não são meios para se alcançar um fim. As carícias e as experiências sensoriais de seus corpos, sem ser nas genitálias, assim como o sexo oral, tudo isso é sexo de verdade, e é tudo especial. Quando você coloca a boca na vagina de sua esposa, ou a manipula com as mãos, você está desfrutando do jardim, comendo e bebendo dela, desfrutando de tudo. 

 É verdade que a maioria dos casais encontram dificuldades no início da vida sexual, mas isso não anula o fato de que o sexo apenas dentro do casamento é o plano perfeito de Deus. Todos nós trazemos bagagens tanto de um mundo caído quanto de nossa natureza caída para dentro da relação. Todos nós, de um jeito ou de outro, precisamos ter a nossa sexualidade restaurada por Jesus, inclusive aqueles que se casaram virgens.

Sugestão de Oração: Confesse a Deus todas as suas frustrações e mágoas em relação à sua experiência sexual. Agradeça-o pela jornada e peça a Ele que os guie no restante do caminho, não importa o quão difícil tenha sido até aqui. Louve a Deus por todo o prazer que já sentiram juntos e pelo tanto que aprenderam um sobre o outro através do sexo. Reconheça o Senhor em todos os seus caminhos.

Desafio do Casal: Se vocês tiveram intimidade sexual antes do casamento, com ou sem penetração, arrependam-se, peçam perdão a Deus e aceitem o mesmo, recebendo cura. Não deixem que o passado os impeça de desfrutar o sexo. O mesmo princípio se aplica aos cônjuges que foram infiéis no casamento e aos que foram traídos. Peçam a ajuda de Deus e de pessoas que possam apoiá-los na superação do trauma do adultério, sejam pastores, conselheiros, amigos confiáveis ou/e profissionais.

Se vocês aprenderam a sentir prazer um com o outro e agora estacionaram numa posição cômoda dentro da relação, ou desistiram por causa das dificuldades, comecem a se explorar novamente, como se fosse o início do casamento. Não parem no meio do caminho.

Dicas Extras: Já descobriram quais sentidos os deixam mais suscetíveis ao sexo? É pela audição, olfato,visão, paladar ou toque? E o seu cônjuge? Fujam dos estereótipos (homens são visuais e mulheres auditivas). Esse é um exercício de autoconhecimento e não existe certo ou errado sobre a forma que você seduz e é seduzido pelo seu cônjuge.

Assistam a Live “Como posso meditar em Cantares de Salomão?” https://www.instagram.com/tv/CDzavIKnsjs/?igshid=imfzov0g10hh

Siga meu novo perfil sobre sexo no casamento https://www.instagram.com/blogtainise/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: