Tainise

Sem medo e com amor

Você se lembra de quando era criança, daqueles momentos em que você tremia na base ao ouvir a voz do seu pai ou da sua mãe? Nem sempre era porque estava fazendo algo errado ou escondido. Às vezes era porque teria que parar de brincar para tomar banho, e você não queria parar de brincar!
Essas experiências da infância podem nos comunicar muita coisa sobre o nosso medo de ouvir a voz de Deus. Sabemos que Deus é bom, que Ele nos ama e tem todo o poder. Sabemos que todas as coisas contribuem para o bem daqueles que o amam. Mas quando Deus nos interrompe com sua voz amorosa e poderosa, nós criamos uma certa expectativa ou o desprezamos. “Ah, não, lá vem Ele.” Não queremos parar de fazer o que estamos fazendo para fazer o que Deus quer que façamos. E quando fazemos, queremos escolher o quê fazer, na nossa hora e em nossos termos. E esse é um dos motivos de não ouvirmos Deus com mais frequência.
A narrativa bíblica nos ensina que quando somos consistentemente teimosos, Deus para de falar. Deus nos entrega à nossa própria dureza de coração e obstinação, e é só uma questão de tempo até que a destruição chegue até nós. Mas não pense que as dores de sua vida é algum tipo de vingança divina. Deus quer nos guiar para nos proteger, mas se nos recusamos a sermos guiados, as consequências óbvias de nossos pecados nos pegam de surpresa (mas nem deveríamos ficar tão surpresos!).
Se você tem se questionado: “Por que Deus não fala comigo?”, vale a pena se perguntar se Ele parou de falar porque você se recusou a ouvi-lo. Não tenha medo de perguntar. Deus te mostrará onde foi que você caiu, a fim de que se arrependa de suas teimosias e receba o perdão abundante Dele.
Não espere que tudo dê errado para que você retorne ao caminho da vida. Assim, o Deus Pai a Amigo Fiel vai retomar suas conversas contigo, de onde pararam, sem medo e com muito amor e misericórdia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: