Tainise

Com quem será?

Esperamos que a noiva jogue o buquê de flores no fim da festa, e que uma das solteiras o agarre e seja a próxima a se casar! Nutrimos de forma individual, mas também na vida em comunidade, essa necessidade de sermos notadas e conquistadas. Queremos ser a “sortuda da vez”, mesmo que a cultura atual defenda e grite veementemente que as mulheres não precisam mais dos homens, nem mesmo para se satisfazer sexualmente ou ter um filho. Apesar da frustração generalizada da sociedade com o casamento e da escassez de bons modelos a seguir, o ritual do buquê permanece. Por que será? Por que a ânsia de encontrar alguém especial simplesmente não desaparece?

Refletindo a Imagem

Não é à toa que o nosso relacionamento com Deus tem tanta coisa em comum com o casamento. Deus criou a sexualidade para se revelar a nós, revelar quem ele é, e nos transmitir verdades sobre sua natureza que seria de difícil compreensão. Em algum momento da leitura do último texto, “Nossa linda história de amor”, você deve ter ficado surpresa ao perceber que eu não estava falando do meu relacionamento com meu esposo. Por toda a Bíblia, Deus usa metáforas, leis da natureza e aspectos da vida cotidiana para se comunicar com o seu povo.