Tainise

Semana 16 – Desinibidos

Devocionais Para Casais Viva Cantares

O Melhor dos Cânticos Para o Dia a Dia

Eu disse: Subirei à palmeira; eu me apossarei dos seus frutos. Sejam os seus seios como os cachos da videira, o aroma da sua respiração como maçãs, e a sua boca como o melhor vinho…vinho que flui suavemente para o meu amado, escorrendo suavemente sobre os lábios de quem já vai adormecendo. Eu pertenço ao meu amado, e ele me deseja. Cânticos 7:8-10

Em Cantares 7, Salomão faz uma viagem pelo corpo dela enquanto ela dança para ele (Ct 6:13). Local de partida: os pés. Ele vai subindo pelo seu corpo, e a acompanha nos movimentos dessa dança erótica. Ela é todinha desejável (v.6). Imagine, agora, que Salomão tivesse uma câmera digital e, no verso 7, ele tira uma foto panorâmica “Seu porte é como o da palmeira,” seguido de um zoom “e os seus seios como cachos de frutos.” Ele a enxergou por inteiro, a desejou por inteiro, mas também tinha um olhar todo especial sobre os seus seios. “Subirei à palmeira; eu me apossarei dos seus frutos” significa que ele vai fertiliza-la! Da palmeira, ele muda para a imagem da videira, provavelmente por que as uvas ficam bem redondas e inchadas à medida que ficam maduras, assim como os seios de uma mulher excitada. Salomão a estimulou o suficiente para receber o prazer dela. O aroma da respiração como maçãs também é excitante para ele. A maçã era considerada um afrodisíaco. Então, imagino que essa respiração dela é fruto de sua excitação sexual. Ela deve estar ofegante! Tudo nela leva ao êxtase sexual dele. O vinho simboliza o clímax da relação sexual em “vinho que flui suavemente para o meu amado”. Assim como o vinho faz com que nosso corpo relaxe e nos faz cair no sono, assim é a resolução do ato sexual para eles, com a certeza de que pertencem um ao outro. E de pensar que tudo começou com uma dança…

Sugestão de Oração: Reflita sobre como era a sua visão de sexo no início desse devocional e o que mudou desde então. Faça algumas anotações sobre coisas que melhoraram, e agradeça a Deus por isso, mas também anote o que ainda é um desafio para você e que necessita de oração, meditação e esforço para mudar.

Desafio do Casal: Para a maioria das mulheres, ficar completamente nua diante do marido é um desafio muito grande, e um sinal de extrema vulnerabilidade devido às inseguranças que giram em torno da nudez feminina. Ao mesmo tempo, a maioria dos homens tem uma dificuldade extrema para ficarem nus emocionalmente, e deixarem suas esposas saberem o que se passa em suas emoções, no íntimo da alma. Esposa, faça uma dança sensual para ele, coloque uma música que te ajude a se despir na frente dele, ou faça qualquer outra coisa que te ajude a dar um passo adiante na intimidade sexual de vocês, demonstrando vulnerabilidade. O marido viajou? Façam sexo por telefone. Marido, compartilhe alguma experiência emocional com sua esposa, conte a ela algo que você nunca contou a ninguém, e deixe-a ver o que há dentro de você.

Dicas Extras: Essa é uma ótima oportunidade para conversarem sobre suas fantasias sexuais. Explorem os cinco sentidos. Para quem é muito tímido, é bom começar com uma música sensual, porém lenta. Crie expectativa nele com um convite especial. O ideal é que estejam sozinhos em casa, ou podem ir para um motel/hotel. 

Homens, preparem um jantar especial a dois como cenário para conversarem. Também seria bom estarem sozinhos em casa quando for compartilhar algo íntimo com sua esposa.

Siga meu novo perfil sobre sexo no casamento https://www.instagram.com/blogtainise/

2 thoughts on “Semana 16 – Desinibidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: