Tainise

Feliz Dia da Independência!

Ao servir minhas vontades, não consigo servir por amor. Posso até servir, mas para controlar, para fazer demandas, para ser amada de volta, esperando algo em troca. Mas, na liberdade de Cristo, ando em Espírito e não sirvo aos meus próprios desejos. Na liberdade sirvo amando, com alegria, sirvo com paz. Sou bondosa, fiel, gentil e me controlo. Meu serviço é fruto do Espírito.
Sou livre pra ser esposa? Sou livre pra ser mãe? Sou livre pra ser filha, irmã e amiga? Sou livre para ministrar o Evangelho? Ou estou servindo às pessoas debaixo do jugo da lei, por obrigação e orgulho?
Quem é livre para amar a Cristo e ao próximo, serve com alegria, mesmo quando dói.
Feliz Dia da Independência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: