Tainise

A sexualidade dos líderes

Todos estamos sujeitos à falsa narrativa de que o pecado sexual é um tipo especial de transgressão, mas os líderes cristãos estão mais vulneráveis a essa mentira porque somos justamente as pessoas que são procuradas quando outros cristãos precisam de ajuda, conselho e cura na área sexual. Por isso, somos tentados a pensar que, se somos aqueles que ajudam os sexualmente despedaçados (ELES), devemos ter a nossa sexualidade impecável e sermos os exemplos (NÓS), preferindo mascarar as nossas angústias e anseios sexuais. E temos mesmo que ser o exemplo, mas não apenas no exterior. Devemos ser os primeiros a tirar as nossas máscaras e admitir as nossas limitações diante de Deus, para nós mesmos e para pessoas próximas em quem decidimos confiar.

Trecho do artigo Os cristãos e a sexualidade parte 3 http://tainise.com.br/2018/11/06/os-cristaos-e-a-sexualidade-parte-3/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: